jloJOÃO LOURENÇO NÃO BRINCA

E ATÉ EXONERA UM… MORTO!
O Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, no uso das suas competências exonerou os conselhos de administração de várias empresas públicas e acaba de escolher para Procurador-Geral da República de Angola o general Hélder Fernando Pitta Grós. Certo! Mas esta de agora, mostrando que afinal a escola do partido é a mesma, exonerar alguém que morreu há dois anos… é obra (desenganada).

Vejamos. Primeiro, nas ditas opções estratégicas de João Lourenço (exonerações/nomeações) não houve nada de novo e a mesma família partidocrata continua sólida na

eterna dança das cadeiras. Mas, mais grave, é a continuação de vícios do consulado anterior de se nomear e exonerar mortos.

Isto é. O engenheiro José Pedro Tonet morreu aos 23 de Dezembro de 2015, na África do Sul, sendo na altura da sua morte administrador não executivo da ENANA EP.

Segundo o Direito, a responsabilidade não só criminal como outras, inerentes à função desempenhada extinguem-se automaticamente, “post mortium” (após a morte).

Assim não se entende as razões de, dois anos depois, 19 de Dezembro de 2017, a família e a sociedade serem confrontadas com essa notícia, como se a pessoa, ainda continuasse viva e a beneficiar de direitos.

A própria lei prevê que a entidade patronal (empresa) conceda à família 6 meses de salário e nada mais, face à extinção natural da relação.

Este erro demonstra a continuidade dos mesmos vícios, praticados por juristas que no passado apoiaram e foram responsáveis por muitas ilegalidades de José Eduardo dos Santos (chegou a nomear um morto) e continuam hoje com João Lourenço a exonerar um morto. Desnorte total à moda do… MPLA.

Entretanto, o general Hélder Fernando Pitta Grós é o novo procurador-geral da República de Angola, nomeado para o cargo pelo Presidente Da República, João Lourenço, anunciou hoje fonte da Presidência.

Hélder Pitta Grós era até agora vice-procurador-geral da República para a esfera Militar e procurador Militar das Forças Armadas Angolanas (FAA) e substitui no cargo o também general João Maria de Sousa, que atingiu o limite do mandato no início deste mês.

O Presidente João Lourenço nomeou ainda Luís de Assunção Pedro da Mota Liz, que se mantém no cargo de vice-procurador-geral da República, e Adão Adriano António, para os cargos de vice-procurador-geral da República para a esfera Militar e Procurador Militar das FAA.

Em 2015, Hélder Pitta Grós foi um dos poucos
elementos do regime a comentar publicamente a escolha da também angolana Francisca Van Dunem para ministra da Justiça de Portugal.

“Numa sociedade como a de Portugal não seria fácil, não foi fácil de certeza absoluta, que uma mulher negra chegasse a fazer parte de um Governo”, afirmou.

“Também foi quebrar um bocado esse tabu que havia em Portugal: mulher negra não”, disse ainda o então vice-procurador-geral da República de Angola.

No início deste mês o Conselho Superior da Magistratura do Ministério Público propôs ao Presidente da República, João Lourenço, a promoção de três atuais procuradores adjuntos para sucederem a João Maria de Sousa na liderança da Procuradoria-Geral da República.

A informação constava de uma deliberação daquele conselho, propondo Hélder Fernando Pitta Grós, Luís Mota Liz e Pascoal Joaquim, para aquelas funções.

Licenciado em Direito pela Universidade Militar de Moscovo, o general João Maria de Sousa, de 66 anos, foi nomeado a 3 de Dezembro de 2007 e empossado procurador-geral da República de Angola pelo então chefe de Estado, José Eduardo dos Santos, dois dias depois.

Enquanto presidente do Conselho Superior da Magistratura do Ministério Público, João Maria de Sousa convocou a 24 de Novembro uma reunião plenária daquele órgão, para desencadear o processo que levará o chefe de Estado a empossar o próximo procurador-geral da República.

“Foram 10 anos de festa da corrupção em Angola, de incompetência, inépcia e gosto de acobertamento dessas práticas. É um procurador que zelou pela corrupção”, afirmou, em declarações recentes à Lusa, o activista Rafael Marques, autor de mais de 15 participações à PGR, desde 2007, com suspeitas de corrupção envolvendo o regime angolano.

“Nenhuma delas avançou, a não ser aquela em que acusei o procurador de ser corrupto. Mantenho essa acusação e estou à espera de ser pronunciado e de ver o procurador em tribunal”, disse ainda.

Para Rafael Marques, ao próximo procurador exige-se “respeito pela lei e pelo cargo”, porque, afirmou, nos últimos 10 anos “não houve Justiça em Angola”.

“Com este procurador cometeram-se as maiores injustiças neste país. Mesmo no tempo do marxismo-leninismo não era assim tão arbitrário. O general João Maria de Sousa foi um extraordinário promotor público da violação dos direitos humanos. Não vai deixar saudades”, criticou.

João Maria de Sousa cumpre 40 anos ao serviço do Ministério Público angolano, nos foros Militar e Comum, e será agora jubilado.

O estatuto orgânico da Procuradoria-Geral da República de Angola define que o procurador – e vice-procuradores – “é nomeado e exonerado” pelo Presidente da República, “sob proposta do Conselho Superior da Magistratura do Ministério Público”.

O Presidente João Lourenço, no cargo desde 26 de Setembro, admitiu recentemente a necessidade de “moralização” da sociedade, com um “combate sério” a práticas que “lesam o interesse público” para garantir que a impunidade “tenha os dias contados”.

“No quadro da necessidade de moralização da nossa sociedade, importa que levemos a cabo um combate sério contra certas práticas, levadas a cabo, quer por gestores, quer por funcionários públicos. Praticas que, em princípio, lesam o interesse público, o interesse do Estado, o interesse dos cidadãos que recorrem aos serviços públicos”, apontou João Lourenço.

Folha 8 com Lusa

Criminalidade violenta regressa a Luanda
31 Jan 2018 15:56Criminalidade violenta regressa a Luanda

Criminalidade violenta regressa a Luanda Sacerdote e sociólogo apresentam propostas  [ ... ]

Leia mais...
SEGREDO….. EXISTE UM SISTEM ESTABELECIDO EM ANGOLA...
31 Jan 2018 15:29SEGREDO….. EXISTE UM SISTEM ESTABELECIDO EM ANGOLA MAS TU PODES QUEBRAR

Washington - SEGREDO….. EXISTE UM SISTEM ESTABELECIDO EM ANGOLA MAS TU PODES QUEBRAR Se essa não [ ... ]

Leia mais...
"DORAVANTE , EU RETIRO O APOIO QUE LHE PROMETI NO ...
10 Jan 2018 15:57

"Doravante, eu retiro o apoio que lhe prometi no condicional e retomo a minha luta como opositor ao  [ ... ]

Leia mais...
A CRISE A BATER NA PORTA DAS NOSSAS CASAS MAS ISAB...
10 Jan 2018 15:37

Luanda - A CRISE A BATER NA PORTA DAS NOSSAS CASAS E AO INVÉS DE TRAZER O DINHEIRO PARA ANGOLA DE [ ... ]

Leia mais...
CASO DO MANUEL VICENTE VAI COMPROMETER O GOVERNO D...
10 Jan 2018 15:23CASO DO MANUEL VICENTE VAI COMPROMETER O GOVERNO DO JOÃO LOURENÇO

Lisboa - A MINISTRA DA JUSTIÇA DE PORTUGAL LUSO-ANGOLANA, FRANCISCA VAN
DÚNEM, RESPONDE JOÃO LOUR [ ... ]

Leia mais...
ADMINISTRADOR DO CACUACO CARLOS ALBERTO CAVUQUILA ...
23 Déc 2017 13:07ADMINISTRADOR DO CACUACO CARLOS ALBERTO CAVUQUILA ACUSADO DE EXTORSÃO E DE CORRUPÇÃO

ADMINISTRADOR DO CACUACO CARLOS ALBERTO CAVUQUILA ACUSADO DE EXTORSÃO E DE CORRUPÇÃO. Nos últ [ ... ]

Leia mais...
JOÃO LOURENÇO NÃO BRINCA
23 Déc 2017 13:01JOÃO LOURENÇO NÃO BRINCA

JOÃO LOURENÇO NÃO BRINCA E ATÉ EXONERA UM… MORTO!
sidente da República, João Manuel [ ... ]

Leia mais...
JOÃO LOURENÇO ISONERA O FALECIDO JOSÉ PEDRO TONET...
23 Déc 2017 12:56JOÃO LOURENÇO ISONERA O FALECIDO JOSÉ PEDRO TONET

Luanda - JOÃO LOURENÇO ISONERA O FALECIDO JOSÉ PEDRO TONET que exercia as funções de administ [ ... ]

Leia mais...
JES trava investigação criminal contra filha
23 Déc 2017 12:32JES trava investigação criminal contra filha

JES trava investigação criminal contra filhaO Presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos s [ ... ]

Leia mais...
"Angola está à beira do colapso", denuncia Abel Ch...
26 Nov 2015 01:03

Luanda - Líder da Casa-CE revela estratégia de dirigentes do regime de levar dinheiro para o exter [ ... ]

Leia mais
Samakuva expulsa jornalistas
26 Nov 2015 00:21Samakuva expulsa jornalistas

Luanda - O Jornal de Angola, também conhecido por Pravda ou Boletim Oficial do regime, foi impedi [ ... ]

Leia mais
Eleições em Agosto de 2017
26 Nov 2015 00:14Eleições em Agosto de 2017

Luanda - As próximas eleições gerais em Angola deverão realizar-se em Agosto de 2017, disse ho [ ... ]

Leia mais
Parlamento angolano - À falta de José Eduardo dos ...
25 Nov 2015 02:14Parlamento angolano - À falta de José Eduardo dos Santos sobrou o silêncio

À falta de José Eduardo dos Santos sobrou o silêncio Discurso sobre o Estado da Nação troux [ ... ]

Leia mais
RESUMO DO SEXTO DIA DO JULGAMENTO DOS 15+2 “TAPAS ...
25 Nov 2015 00:15RESUMO DO SEXTO DIA DO JULGAMENTO DOS 15+2 “TAPAS A CARA EU TAPO A BOCA”

Luanda - - TPA GANHA EXCLUSIVIVIDADE DE IMAGENS DO TRIBUNAL  2- QUESTÕES DA ACUSAÇÃO AO REU  [ ... ]

Leia mais
Sociedade civil angolana quer que PR fale sobre cr...
14 Oct 2015 22:24Sociedade civil angolana quer que PR fale sobre crise no país

Luanda - Discurso sobre o estado da Nação é amanhã. O discurso sobre o estado da Nação a  [ ... ]

Leia mais
O Desastre da Diplomacia do MPLA no Parlamento Eur...
14 Oct 2015 22:13O Desastre da Diplomacia do MPLA no Parlamento Europeu

Luanda - m 40 anos de poder, os dirigentes do MPLA têm evoluído pouco em termos de discurso  [ ... ]

Leia mais
Ana Gomes acusa Procuradoria angolana de estar ao ...
12 Oct 2015 10:28Ana Gomes acusa Procuradoria angolana de estar ao serviço do poder

Luanda - A eurodeputada Ana Gomes disse hoje à Lusa que a acusação de "rebelião", anunciada pel [ ... ]

Leia mais
outros artigos

ESCUTE A RÁDIO !

Publicidade : +32 493 84 66 30 +32 484 50 60 29

Angodiaspora sur faceboook

Estatistícas do Portal

2248882
Hoje
Ontém
Esta Semana
Semana Anterior
Este Mês
Mês Passado
Ao Total
373
407
1360
2241728
12109
34415
2248882

QUEM SOMOS NÓS ?

QUEM SOMOS NÓS?

Nós somos um grupo de jornalistas, ciêntistas, políticos, sociedade cívil e a Voz de sem Vozes, que pretendem transmitir através o mundo, o grito de um Povo sequestrado e oprimido de Angola e do mundo em particular.
Achamos que a informação deve ter fontes multíplas e essencialmente independentes dos poderes políticos e das forças económicas. Fazem parte desta independência, os jornais, a rádio, as televisões, os portais (web), os diferentes espaços sociais, assim como as instituições de sondagem e as instituições estatistícas.

Leia mais